Notícias das Paróquias

Encerramento do Cerco de Jericó em Seropédica

Autor:

A Paróquia Santa Teresinha-Seropédica encerrou no último sábado, dia 11 de maio, o Cerco de Jericó, com a Santa  presidida pelo padre Rodrigo Carneiro. Confira a síntese da homilia, inspirada no Evangelho de João 6,60-69.

PADRE RODRIGO CARNEIRO

Para combater o bom combate precisamos “treinar”, e o primeiro treinamento para o combate é participar da Santa Missa. Além disso, quando soldados vão para guerra, há sempre um local para onde os feridos podem encontrar refúgio.
Na 2Tim 4, 6 “Quanto a mim estou pronto para ser oferecido por aspersão de sacrifício, combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé.” São Paulo quando escreve essa carta já está pronto para a libertação, para passar dessa vida para a vida eterna. Ainda não estamos prontos para sermos libertos da vida terrena, mas sim, das ciladas do demônio. Às vezes vivemos desviados da vontade do Senhor, e essa é a noite da libertação.
A tristeza, o desânimo e as frustrações são próprias dos combatentes, afinal não vamos vencer todas as pequenas batalhas. Mas estas devem nos ensinar a não voltar pelo mesmo caminho, mas nessa noite vamos nos libertar desses vínculos de derrota. Todo combatente tem um lugar para descansar, e o nosso é no coração de Jesus. O lado que foi aberto pela Misericórdia de Deus para todos nós.
A porta do coração de Jesus está sempre aberta, jamais se fecha para nós. Estamos apenas no mês de Maio, mas muitos de nós já sofremos perdas durante esse ano, e onde recorremos para encontrar consolo diante delas? Devemos buscar no coração de Jesus.
Pedro era um apóstolo impetuoso, assim como muitos de nós, cortou a orelha do soldado, prometeu que estaria com Jesus até o fim da vida e duas horas depois negou o Senhor. E Jesus abriu o coração para Pedro perguntando: “Tu me amas, Pedro?”, e Ele deseja fazer o mesmo conosco. O Senhor quer formar aqui uma relação de intimidade, entre as quatro paredes do coração de Jesus. Quanto mais você recorrer a Ele, mais ainda você será abastecido.
Quando a gente se refugia no coração de Jesus, as dores e paralisias do nosso coração são curadas. Existem muitas pessoas mortas na fé, paralisadas e em sofrimento. Mas o Senhor opera sua cura em nós para que sejamos instrumentos de libertação para essas pessoas, assim como foi na história de Pedro, antes fraco, mas uma vez modificado pela graça de Deus foi capaz de curar paralíticos.
Para conseguir entoar o canto do salmo de hoje: < “Que poderei retribuir ao Senhor Deus, por tudo aquilo que ele fez em meu favor?”> é preciso que estejamos verdadeiramente constrangidos e humilhados pela graça de Deus. Só podemos cantar com propriedade esse salmo se estivermos nessa condição. Não devemos nos esconder na nossa pequenez, mas florescer para Deus. O espírito de Deus é vida e gera vida para nós. Quantos dons e ministérios temos escondidos? Precisamos ser uma geração que produz frutos para o Céu. A geração da INTIMIDADE deve ter objetivo de alcançar e povoar o céu em cada passo.
É preciso retomar a intimidade com a Bíblia, as visitas ao sacrário. Esses são os lugares de descanso: a Eucaristia e a Palavra. Os irmãos também são descanso para nós, soldado que luta sozinho morre rápido.
Os combatentes devem carregar isso no coração a partir de hoje; o Senhor quer nos dar um novo vigor físico e espiritual.

No domingo, 12, padre Fábio de Melo presidiu a Santa Missa rogando a Nossa Senhora de Fátima com bençãos para as Mães

Confira as fotos no facebook da Paróquia Santa Teresinha-Seropedica

 

Fonte:
paroquia Santa Teresinha Seropedica

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *