Notícia da Diocese

Dom Ubiratan em Aparecida para Conferência Nacional

Autor:

Bispos de todo País,incluindo Dom José Ubiratan Lopes estão reunidos desde o dia 26 de abril no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida(SP), na 55ª Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O encontro segue até o dia 05 de maio e tem sido destaque nos noticiários das mídias católicas (Tvs, Rádios e internet), sendo transmitida ao vivo as celebrações Eucarísticas que acontecem diariamente às 7h30 da manhã, direto da Basílica.

Nesta sexta-feira (28), no final da santa Missa, foi  transmitida uma mensagem de apoio dos bispos aos trabalhadores, que estão às vésperas de comemorar o  seu dia (1º de maio), diante da atual situação econômica, política e social que vive o País. “Brota do nosso coração de pastores um grito de solidariedade em defesa de seus direitos, particularmente dos 13 milhões de desempregados”, diz a mensagem assinada pelos religiosos da CNBB.

Os  bispos destacaram a importância do trabalho, que é “fundamental para a dignidade da pessoa, constitui uma dimensão da existência humana sobre a terra”. E ressalva ainda: “Pelo trabalho, a pessoa participa da obra da criação, contribui para a construção de uma sociedade justa, tornando-se, assim, semelhante a Deus que trabalha sempre. O trabalhador não é mercadoria, por isso, não pode ser coisificado. Ele é sujeito e tem direito à justa remuneração, que não se mede apenas pelo custo da força de trabalho, mas também pelo direito à qualidade de vida digna.”

E ainda afirmaram que “diante da precarização, flexibilização das leis do trabalho e demais perdas oriundas das ‘reformas’, nossa palavra é de esperança e de fé: nenhum trabalhador sem direitos! Juntamente com a Terra e o Teto, o Trabalho é um direito sagrado, pelo qual vale a pena lutar (Cf. Papa Francisco, Discurso aos Movimentos Populares, 9 de julho de 2015)”.

Após participar das reuniões de trabalho, durante a assembléia, nesses últimos 3 dias,   Dom José Ubiratan e os demais bispos, aproveitam o fim de semana, para dedicar-se a reflexão e profunda oração. Enquanto os religiosos vivem esse clima de retiro, também nós, somos convidados a orar por eles e toda nossa Igreja, confiantes na intercessão da mãe rainha e padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, rogando a Deus por todos nós.

 

Fotos: padre Márcio Luiz

Pascom

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *