- Diocese de Itaguaí - http://dioceseitaguai.org.br -

In Memorian a Dom Vital, 1º Bispo da Diocese Itaguaí

Dom José Ubiratan presta sua homenagem ao saudoso  Dom Vital

Faz quatro anos que Dom Vital Wilderink, Bispo Emérito e 1º Bispo da Diocese de Itaguaí/RJ, fez sua Páscoa. Na foto, sua última visita à Diocese, um mês antes de seu falecimento.

Nosso eterno agradecimento. Dom Vital Wilderink, membro da Ordem do Carmo-Carmelitas, natural de Denventer, Holanda, recebeu no batismo o nome de João Geraldo. Após três anos de formação em um seminário menor na Holanda, foi designado para o Brasil, e em janeiro de 1949 chegou em Itu (SP), onde completou os estudos do seminário menor.

No ano de 1951, em Mogi das Cruzes (SP), ingressou para o noviciado, no fim do qual fez sua primeira profissão religiosa. Fez os estudos de Filosofia em São Paulo e depois foi enviado para Roma para concluir os estudos teológicos, no Colégio Internacional dos Carmelitas. Foi ordenado presbítero em 07 de julho de 1957 em Roma, Itália, e nomeado bispo em 14 de junho de 1978, sendo ordenado em 13 de agosto do mesmo ano, em Volta Redonda (RJ).

De 1978 a 1980, foi bispo auxiliar de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) e vigário episcopal de Angra dos Reis e de Itaguaí (RJ); foi presidente da Comissão Pastoral da Terra – regional Rio de Janeiro; de 1991 a 1994, foi membro da Comissão Episcopal de Doutrina; de 1987 a 1990 e de 1995 a 1998, foi membro da Comissão Episcopal de Pastoral – Dimensão Bíblico Catequética. Dom Vital foi membro do Departamento de Catequese do Conselho Episcopal Latino-americano, delegado à Assembleia Espeical do Sínodo dos Bispos para a América por eleição da Assembleia da CNBB e confirmado pelo papa João Paulo II, em 1997. Também foi delegado do Sínodo sobre a Vida. Tinha como lema: “Testemunhar o Evangelho da Graça de Deus”.

A imagem pode conter: Jose Ubiratan, sentado e comida